Criar seus objetivos de aprendizado

O que são os objetivos de aprendizado?

Os objetivos de aprendizado são declarações específicas que definem o que os alunos poderão fazer após concluir seu curso e quais habilidades eles aprenderão. Eles devem ser tangíveis, o que significa que um aluno pode demonstrar que alcançou um objetivo de aprendizado por meio de ação, e mensuráveis, o que significa que o aprendizado de alguém pode ser mensurado por meio de avaliação.

Por exemplo: “Usar a estrutura ‘Situação, Comportamento, Impacto’ para oferecer feedback construtivo aos seus colegas”. Um aluno poderia demonstrar por conta própria que alcançou esse objetivo escrevendo um feedback usando essa estrutura, e um instrutor poderia medir ou avaliar essa habilidade isso lendo o feedback escrito.


Por que os objetivos de aprendizado são importantes?

Os objetivos de aprendizado são essenciais para posicionar seu curso para alunos em potencial e devem ser a base do conteúdo do curso. Eles aparecem em forma de lista na página inicial do curso e em uma janela pop-up quando um usuário passa o cursor do mouse sobre o curso na página inicial ou de pesquisa do site. Os objetivos podem ser o primeiro aspecto que os alunos avaliam, portanto devem oferecer um entendimento imediato das habilidades que eles poderão conquistar no seu curso. Confira a finalidade deles:

  • Oferecer clareza aos alunos: os objetivos de aprendizado, de certa maneira, são como uma janela para o futuro. Eles informam o que um aluno deve saber após finalizar seu curso, mas também comunicar o nível de habilidade que o aluno deve ter para chegar lá. Os alunos dedicam seu tempo e (muitas vezes) dinheiro na esperança de aprender habilidades. Portanto, objetivos de aprendizado bem escritos os ajudarão a decidir se o seu curso é ideal para eles e seus objetivos de carreira. Leia mais sobre como definir seu aluno ideal no nosso guia Definir seu público-alvo.
  • Descrever o conteúdo do curso: os objetivos de aprendizado também ajudam você a estruturar o curso como um todo e as seções, aulas e atividades práticas específicas. Ao usá-los ao longo do conteúdo do curso, você pode criar seu conteúdo progressivamente e oferecer uma experiência melhor aos alunos. Leia mais no nosso guia Fazer o resumo do seu curso.


Deixe seu curso atraente com objetivos de aprendizado na página inicial do curso (CLP)

Você criará pelo menos quatro objetivos de aprendizado para seu curso, que ficarão visíveis para os alunos em potencial na seção “O que você aprenderá” da página inicial do curso (CLP).

Ao elaborar os objetivos de aprendizado do curso para a CLP, tente descrever as habilidades e os benefícios que os alunos podem obter como resultado do curso, de maneira precisa e interessante.Os objetivos de aprendizado devem abordar de maneira abrangente o que está incluído no curso, mas não excessivamente, de modo que aluno não consiga ler tudo. Seus objetivos de aprendizado devem ser baseados em tarefas, habilidades ou metas que seus alunos realmente querem alcançar. Evite usar palavras desnecessárias, promessas excessivas ou objetivos vagos. 

Dica: tente se colocar no lugar do aluno em potencial e confira os objetivos de aprendizado de outros cursos parecidos com o seu. O que faria você escolher um curso, e não outro? 


Baseie seus objetivos nos princípios do design de aprendizado

Você pode usar estruturas como a Taxonomia de Bloom para criar objetivos de aprendizado que incluam diversos níveis cognitivos, desde revisão de fatos básicos até conceitos mais elevados, como análise e avaliação. 

Considere o nível de compreensão ou familiaridade que seu aluno ideal tem com o tema e crie os objetivos de aprendizado de acordo. 

A Taxonomia de Bloom contém seis níveis diferentes de compreensão. Escolha o mais adequado para uma aula ou atividade: 

  1. Memorizar: a capacidade de lembrar ou reconhecer informações como fatos, termos e conceitos básicos sem entender os conceitos subjacentes
  2. Compreender: a capacidade de explicar ideias ou conceitos
  3. Aplicar: a capacidade de aplicar o material em novas situações
  4. Analisar: a capacidade de fazer conexões entre ideias
  5. Avaliar: a capacidade de fazer julgamentos com base em critérios e padrões
  6. Criar: a capacidade de criar novos trabalhos ou ideias a partir de conceitos existentes

Como um exemplo simples, imagine um curso básico de geometria. No nível de compreensão, o objetivo de aprendizado poderia ser: “Saber como calcular a área de triângulos, quadrados e círculos”.

Dica: as pessoas visitam a Udemy para aprender conceitos, mas também habilidades específicas, então é interessante mencioná-las nos objetivos do curso. No exemplo da geometria, talvez o aluno queira entender o conceito de área, bem como as habilidades para calculá-las.


A importância de ter objetivos específicos, autênticos e realistas

Seus objetivos de aprendizado devem ser baseados em tarefas ou metas que seus alunos realmente querem alcançar. Evite as armadilhas de usar palavras desnecessárias, promessas excessivas ou objetivos vagos. 

Por exemplo, no curso de “geometria básica”, compare esses dois objetivos de aprendizado: 

  • Usar todas as fórmulas geométricas para ir do nível iniciante a avançado em formas
  • Usar fórmulas de geometria básica para calcular a área da forma, bem como a hipotenusa de um triângulo e a circunferência de um círculo.

O segundo é específico e realista, enquanto o primeiro é vago e faz uma promessa excessiva. Crie objetivos de aprendizado parecidos com o segundo. 


Como escrever objetivos de aprendizado eficientes

Objetivos de aprendizado eficientes são claros, específicos, mensuráveis, alcançáveis e relevantes para os alunos. Eles devem conter uma ação, estarem alinhados ao conteúdo e às avaliações do curso e serem escritos de maneira clara e compreensível.

Siga este processo para começar:

  1. Identifique o conceito ou habilidade que você quer que os alunos aprendam. Exemplo: a hipotenusa de um triângulo
  2. Identifique o nível de entendimento que você quer que os alunos demonstrem. Na Taxonomia de Bloom, existem seis níveis de entendimento (memorizar, compreender, aplicar, analisar, avaliar, criar). Neste exemplo, vamos escolher “aplicar”.
  3. Selecione um verbo que seja demonstrável e mensurável para descrever o comportamento no nível apropriado de aprendizado. Exemplo: Calcular a hipotenusa usando o teorema de Pitágoras.
  4. Inclua critérios adicionais para indicar como ou quando o resultado será demonstrável para apresentar contexto ao aluno. Exemplo: Calcular a hipotenusa de um triângulo reto para um simples diagrama de construção.


Principais conclusões 

  • Os objetivos de aprendizado são declarações específicas e mensuráveis que definem o que os alunos poderão fazer após concluir seu curso.
  • Objetivos de aprendizado eficientes são claros, alcançáveis e relevantes, evitando armadilhas como promessas em excesso ou informações vagas. 
  • Crie objetivos de aprendizado do curso para sua página inicial do curso (CLP) com o objetivo de posicionar seu curso e os benefícios dele com precisão para os alunos em potencial.
  • Utilize os objetivos de aprendizado para ajudar a definir as seções, aulas e atividades práticas do curso, melhorando a estrutura do conteúdo e a experiência do aluno.
  • Use estruturas como a Taxonomia de Bloom para criar objetivos alinhados a diferentes níveis cognitivos, desde revisão de fatos básicos até conceitos mais elevados.


Mais recursos

 

Pronto parar criar seu curso? Vamos lá!

Criar um curso